sábado, 22 de junho de 2013

Plano de Aula - Números Racionais

Apresentação:

O ensino de Matemática nas séries finais do Ensino Fundamental II, prioriza algumas ações quanto a apresentação dos seus conteúdos.
Podemos perceber claramente isso no caderno do aluno. As aulas são direcionadas a leitura e interpretação de textos, isso mesmo “de textos”,  que fazem parte do conteúdo matemático que será apresentado pelo professor ao aluno.
Além de que ao final de cada conteúdo o aluno tem que explicar com suas próprias palavras o que aprendeu.
Nosso plano de aula trabalha  a matemática demonstrando  sua utilidade no dia-a-dia,  apresentando seus conteúdos através de ações que envolvam histórias, atividades  com números de telefones,   dinheiro, numeração de calçados, datas, etc.





PLANO DE AULA

E.E. FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO ESTADO DE SÃO PAULO
Professores: Daniela de Oliveira
Disciplina: Matemática
Turma: 6º Ano
Tempo pedagógico previsto: 10 horas/aula
Bloco Temático:
Tema 1- números e Operações

TEMA DA AULA: NÚMEROS RACIONAIS

Grupo de competências :
Grupo II- Competências para realizar.

Pré-requisitos:
H01 - Reconhecer as principais características do sistema decimal: contagem, base,  valor posicional;
 H04 - Representar medidas não inteiras utilizando frações;
 H06 - Representar quantidades não inteiras  utilizando notação decimal;
 H08 -  Compreender a relação entre as representações fracionária e decimal de um
número.

Habilidades a desenvolver:
H05 - Fazer cálculos que envolvam adições e  subtrações de frações.
 H07 - Fazer cálculos que envolvam adições e  subtrações de números decimais.
H10 - Efetuar cálculos com multiplicação e  divisão de números decimais.
 H11-  Efetuar cálculos com adição, subtração, multiplicação e divisão com negativos.


Justificativas:
Precisamos compreender que para que nossos estudantes aprendam os significados dos números é necessário sua apresentação através de contextos que envolvam seu dia a dia para o reconhecimento de números naturais, números racionais e outros, e de suas representações e classificações.
Sabedores  que o ensino dos números racionais deve ir além do representação através de pizzas divididas em pedaços iguais, precisamos mostrar a importância dos racionais no nosso dia a dia, sendo assim nestas aulas abordaremos atividades relacionadas a solução de problemas que envolvam contagem, medidas e esquemas de estratégias para a realização de cálculos além da leitura e escrita de números naturais e racionais.

 Conteúdos
·                     Números racionais ; Leitura; Comparação; Representação;

Objetivos:

Geral
·                     Desenvolver habilidades voltadas para a utilização de números decimais no contexto do dia a dia do aluno; Resolver problemas com números racionais que envolvam as operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.

Específicos
·                     Interpretar e produzir escritas numéricas que devem ser expressas por números racionais nas formas fracionárias e percentuais reconhecendo uso no contexto diário;
·                     Representar e escrever e operar com números decimais;

Metodologia

·                     Iniciando com a narrativa “ Os quintos do inferno” (IMENES, Luiz Márcio P);
·                     As aulas serão desenvolvidas através de situações – problemas do cotidiano do aluno. E a partir das mesmas serão ministradas aulas teóricas, explicativas e dentre outras;
·                     Apresentação de um Slide falando da importância de estudar os números decimais;
·                     Exibição de um vídeo números racionais mostrando onde os mesmos estão inseridos no cotidiano das pessoas;
·                     Leitura de textos para introduzir os conceitos de alguns conteúdos. Textos retirados do próprio livro didático do  aluno, como também de outros livros que trazem informações sobre o assunto em estudo;
·                     Propor algumas situações problemas do cotidiano que os alunos utilizam números racionais para que os mesmos possam responder oralmente;
·                     Discussão/correção colaborativa das atividades (Feedback);

Recursos Didáticos
Textos impressos, projetor de slides, notebook, vídeo software (jogos educacionais sobre os números racionais), Apostila do Estado de São Paulo volume 1, 1º Bimestre.


Avaliação
·                     Neste processo os alunos serão avaliados quanto ao desempenho nas atividades, aos conteúdos desenvolvidos, as habilidades proposta a ser alcançada, a metodologia utilizada e a aprendizagem dos alunos quanto à compreensão e construção dos conceitos, procedimentos e atitudes, mostrando assim as habilidades e competências que conseguiram desenvolver ao longo da aprendizagem da matemática.

·                     Utilização de exercícios com distratores. São denominadas distratores, as alternativas de resposta que não estão corretas, mas que devem ser plausíveis, referindo-se a raciocínios possíveis do aluno. Assim, o distrator pode revelar uma competência que não foi adquirida pelo estudante e mostrar o caminho que o professor deve seguir para sanar a dificuldade. Retirado de http://www.portalavaliacao.caedufjf.net/pagina-exemplo/item/ consultado em 16/06/2013.

·                     Será avaliada também a participação dos alunos durante a explanação do assunto proposto, nos exercícios resolvidos em sala de aula e extraclasse; nos trabalhos confeccionados para serem apresentados em sala de aula.

Recuperação
A recuperação é continua, sendo assim, a todo o momento que é percebido que o aluno não atingiu o conhecimento necessário sobre determinado assunto, cabe ao professor buscar formas diferenciadas de ensino a fim de suprir a dificuldade do aluno.

Bibliografia:
Matrizes de referência para a avaliação Saresp: documento básico/Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini. – São Paulo: SEE, 2009.

Caderno do aluno, 6º série Ensino Fundamental II, volume 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário